O estudante coreano Kyumgeum Ko queria desenvolver um carro de luxo. O desafio estava na maneira de fabricação, pois ele queria que o processo tivesse a sustentabilidade como princípio.
O estudante coreano Kyumgeum Ko queria desenvolver um carro de luxo. O desafio estava na maneira de fabricação, pois ele queria que o processo tivesse a sustentabilidade como princípio.

A ideia do estudante foi aprimorada e ele chegou ao Bentley Tailor Made. Ao contrário dos carros de luxo atuais, este seria montado por um processo fabril em que poucos robôs dobram e moldam a carroceria. Isso é feito a partir de uma folha de alumínio.

Geralmente, este tipo de carro é fabricado com materiais caros e em pequena escala, pois a procura é menor e os clientes prezam pela alta qualidade, o que leva a empresa a dedicar mais tempo e gastos com um único veículo.
Outro problema refere-se à carroceria do carro. Diferente do projeto desenvolvido por Kyumgeum, o processo é feito com soldagem de placas metálicas que, por consumir muita energia, é insustentável. A reunião dessas questões o motivaram a criar o projeto alternativo.
Ele buscou as soluções e chegou ao método mais sustentável possível, que permite também uma produção em pequena escala. A ideia é que o Bentley Tailor Mode seja construído com a técnica conhecida como Robofold.
O modelo de Kyungen foi criado em papel, sendo que geralmente isso é feito com argila. Esta opção permite a criação de um carro com linhas mais fluídas e curvas mais atraentes, acredita o estudante.Informações: Techtudo e CicloVivo
Via: Engenharia É
Eduardo Cavalcanti
Autor

Engenheiro Civil de formação, empresário, e atua em diversos mercados. É aficcionado por tecnologia e está sempre em algum lugar diferente do mundo (sim, viajar está entre seus maiores hobbies). Já teve uma época em que não conseguia dormir sem assistir a um episódio do Netflix. Hoje, com o empreendedorismo pulsando em suas veias, usa praticamente todo o seu tempo livre consumindo conteúdos relacionados à cases de sucesso e ao mercado financeiro.

X